A Formosa Jerusalém

Estudo Bíblico Baseado na Escola Bíblica Dominical da CPAD | 2º Trimestre de 2012 – Lição 13 | AD Belém – Setor 20 (Arujá/SP) – Congr. Pq. Rodrigo Barreto I | Jonas M. Olímpio

A beleza da Formosa Jerusalém vai
muito além do que a nossa mente é
capaz de imaginar; tudo o que Deus
tem preparado para nós é tão
maravilhoso que os que já tiveram o
privilégio de presenciá-la, não têm
palavras para descrevê-la
Texto Áureo
    Mas nós, segundo a sua promessa, aguardamos novos céus e nova terra, em que habita a justiça (2ª Pe 3:13).
Verdade Prática
    O melhor da Jerusalém Celeste é que estaremos para sempre com Jesus.
Leitura Bíblica em Classe
    Apocalipse 21:9-18 – E veio a mim um dos sete anjos que tinham as sete taças cheias das últimas sete pragas, e falou comigo, dizendo: Vem, mostrar-te-ei a esposa, a mulher do Cordeiro. 10E levou-me em espírito a um grande e alto monte, e mostrou-me a grande cidade, a santa Jerusalém, que de Deus descia do céu. 11E tinha a glória de Deus; e a sua luz era semelhante a uma pedra preciosíssima, como a pedra de jaspe, como o cristal resplandecente. 12E
tinha um grande e alto muro com doze portas, e nas portas doze anjos, e nomes escritos sobre elas, que são os nomes das doze tribos dos filhos de Israel. 13Do lado do levante tinha três portas, do lado do norte, três portas, do lado do sul, três portas, do lado do poente, três portas. 14E o muro da cidade tinha doze fundamentos, e neles os nomes dos doze apóstolos do Cordeiro. 15E aquele que falava comigo tinha uma cana de ouro, para medir a cidade, e as suas portas, e o seu muro. 16E a cidade estava situada em quadrado; e o seu comprimento era tanto como a sua largura. E mediu a cidade com a cana[1]até doze mil estádios[2]; e o seu comprimento, largura e altura eram iguais. 17E mediu o seu muro, de cento e quarenta e quatro côvados[3], conforme a medida de homem, que é a de um anjo. 18E a construção do seu muro era de jaspe, e a cidade de ouro puro, semelhante a vidro puro.
Esse mundo em que hoje vivemos
está reservado para a destruição;
pois o Senhor tem preparados para
os seus fiéis, novos céus e nova terra
Introdução
·         Apesar de todos os problemas causados pelo homem, o planeta Terra é um lugar maravilhoso; no entanto, o lugar que almejamos viver é incomparavelmente melhor do que ela.
·         Ao contrário do que muitas seitas ensinam, o céu é um lugar real, ou seja: ele existe fisicamente.
·         Os que alcançarem essa grande graça terão eliminados todos os tipos de sofrimentos suportados no mundo atual.
·         A Palavra de Deus é clara: esse mundo será destruído e existe um novo céu e uma nova terra aguardando pelos salvos [2ª Pe 3:7,12,13 – Mas os céus e a terra que agora existem pela mesma palavra se reservam como tesouro, e se guardam para o fogo, até o dia do juízo, e da perdição dos homens ímpios. 12Aguardando, e apressando-vos para a vinda do dia de Deus, em que os céus, em fogo se desfarão, e os elementos, ardendo, se fundirão[4]? 13Mas nós, segundo a sua promessa, aguardamos novos céus e nova terra, em que habita a justiça.].
Por mais dificuldades que passemos
aqui nessa terra, temos uma grande
consolação: a esperança que é
movida pela certeza de que um dia
iremos morar no céu
I – O que é a Jerusalém Celeste
1. Mais sublime que os céus
·         A sublimidade da Jerusalém celeste está muito além dos céus, os quais poderiam receber a Noiva de Cristo, mas Ele ainda quis algo muito melhor para ela.
·         Seu aspecto visual é inefável: nos vocabulários de todos os idiomas humanos não existem palavras suficientes para descrevê-la.
·         Imagine um lugar sem dor, sem decepções, sem tristeza, sem lembranças do passado, sem lágrimas e sem nenhum sofrimento: a Cidade Celestial é tudo isso e muito mais.
·         O tempo do cumprimento dessa promessa é totalmente desconhecido por nós humanos; devido a isso, muitos já perderam a esperança; porém, essa aparente demora é resultado da misericórdia de Deus, o qual está dando oportunidade para que mais almas se salvem [2ª Pe 3:8,:9 – Mas, amados, não ignoreis uma coisa, que um dia para o Senhor é como mil anos, e mil anos como um dia. 9O Senhor não retarda a sua promessa, ainda que alguns a têm por tardia; mas é longânimo[5]para conosco, não querendo que alguns se percam, senão que todos venham a arrepender-se.].
Sem santificação ninguém
verá a Deus; viver em
santificação é fazer de sua
vida uma página em branco
e pedir ao Senhor que Ele
escreva a tua história
2. A casa de meu Pai
·         Conforme o próprio Senhor Jesus diz em João 14:2, existem muitas moradas na Casa do Pai, ou seja: essas moradas já estão prontas;
·         E Ele completa ainda dizendo que, se por acaso, elas ainda não estivessem prontas, ele iria prepará-las.
·         Não sabemos de que forma é e nem qual o conteúdo de cada casa, e é isso faz o negócio ser ainda mais interessante, pois não há nada melhor do que uma bela surpresa!
·         Mas para poder ter o direito de usufruir dessa maravilhosa herança do Pai é necessário manter-se de acordo com a sua vontade [2ª Pe 3:14 – Por isso, amados, aguardando estas coisas, procurai que dele sejais achados imaculados[6] e irrepreensíveis em paz.].
Viver na cidade de Jerusalém, assim
como em qualquer outra grande
cidade do mundo que tenha bons
atrativos, é o objetivo de qualquer
pessoa; imagine se todas as pessoas
soubessem ou cressem nos atrativos
da verdadeira Cidade Santa:
certamente, todas desejariam e
lutariam fervorosamente pela
salvação de sua alma
3. A Nova Jerusalém
·         Jerusalém sempre foi um lugar amado, admirado e respeitado pelo povo de Israel, pois os judeus sempre foram muito nacionalistas; por isso ela foi usada como exemplo na Bíblia para referir-se ao céu;
·         Pois se eles desejavam viver na Jerusalém terrena como ela é, imagina só uma Jerusalém celestial que é incomparavelmente melhor.
·         O apóstolo João tentou definir a Nova Jerusalém verbalmente – a qual ele teve a honra de presenciar em suas visões -, mas não encontrou palavras para se expressar.
·         Entre muitas outras revelações existentes na Bíblia, as visões de João as mais claras, pois contém mais detalhes [Ap 21:1 – E vi um novo céu, e uma nova terra. Porque já o primeiro céu e a primeira terra passaram, e o mar já não existe.].
O tabernáculo simbolizava a
morada, ou a presença, de Deus
entre os homens; na Cidade
Celestial, o próprio Deus estará
com o seu povo
II – As características da Nova Jerusalém
1. É um lugar real
·         O texto de Apocalipse 21:1-27 explica minuciosamente alguns detalhes da Maravilhosa Cidade.
·         Muitos nos questionam por cremos na existência do céu; a essas indagações podemos simplesmente responder que ser crente é uma questão de fé: se cremos na Bíblia, automaticamente, cremos no que ela diz.
·         Vários de nossos irmãos já tiveram visões com esse lugar, e cremos realmente que seus testemunhos são verdadeiros. Mas, é necessário termos cuidado porque há muitos que se dizem mensageiros de Deus, se enriquecendo com seu ministério construído com falsas revelações do céu e até mesmo do inferno.
·         Essa cidade foi especialmente preparada para aqueles que por ela esperam; lá será um lugar de constante adoração, pois a presença de Deus será literal e não mais somente espiritual [Ap 21:2,3 – E eu, João, vi a santa cidade, a nova Jerusalém, que de Deus descia do céu, adereçada como uma esposa ataviada[7]para o seu marido. 3E ouvi uma grande voz do céu, que dizia: Eis aqui o tabernáculo de Deus com os homens, pois com eles habitará, e eles serão o seu povo, e o mesmo Deus estará com eles, e será o seu Deus.].
Certamente lá não haverá placas
de sinalização, mas se houvesse,
estaria escrito: “Proibido
Sofrimento”.
2. Arquitetura
·         Na Epístola aos Hebreus 11:10 está escrito que o Grande Arquiteto foi quem a projetou e construiu pessoalmente.
·         Se o nosso planeta – o qual também foi feito por Deus através do poder da sua Palavra -, é tremendamente lindo e perfeitamente projetado para a vida humana, imagine então o quão grandiosa é a exuberância e o esplendor desse maravilhoso lugar.
·         Esse mundo natural em que vivemos, apesar de nele tudo ter sido criado para ser perfeito, sabemos que tornou-se imperfeito devido à Queda de Adão e Eva no Jardim do Éden, mas na Santa Cidade, tudo funcionará na mais perfeita ordem, inclusive o corpo humano que não terá mais doenças e nem dores.
·         O grande projeto de Deus abrange não só a arquitetura da cidade, mas também a de cada um de nós, pois seremos construídos de novo e todos os tormentos, tristezas, medos e dificuldades serão tirados de nossa alma; tudo será novo: completamente diferente [Ap 21:4,5 – E Deus limpará de seus olhos toda a lágrima; e não haverá mais morte, nem pranto, nem clamor, nem dor; porque já as primeiras coisas são passadas. 5E o que estava assentado sobre o trono disse: Eis que faço novas todas as coisas. E disse-me: Escreve; porque estas palavras são verdadeiras e fiéis.].
Naquele maravilhoso lugar, nenhum
homem vai querer brilhar tomando
a glória para si, pois a luz do
esplendor da glória de Deus brilhará
por todos os lugares, e a honra que
pertence a Ele não será dividida
com ninguém
3. Formato
·         Geometricamente falando, em Apocalipse 21:16, a Cidade Celestial é definida como um perfeito cubo.
·         Sua medida oficial é de dois mil e duzentos quilômetros de cumprimento: a metade do continente americano.
·         Sua localização não nos é revelada, mas de uma coisa temos certeza: não é na terra – como pregam algumas seitas -, pois, após o Milênio, a Igreja será retirada da terra e transportada para o Reino Celestial.
·         Dentro de sua extensão territorial, toda a glória dos reis e honra das nações serão entregue ao Único que é digno de toda honra e toda glória, pois os que lá estiverem reverenciarão a um só Rei em sinal de gratidão a Ele pelo gozo eterno que alcançaram [Ap 21:24,26 –E as nações dos salvos andarão à sua luz; e os reis da terra trarão para ela a sua glória e honra. 26E a ela trarão a glória e honra das nações.].
Os mais finos materiais usados
pelos homens nas construções
existentes aqui não podem ser
comparados à beleza e à
qualidade dos materiais usados
pelo Grande Arquiteto na
construção da Santa Cidade
4. Materiais
·         A Formosa Jerusalém não é um local meramente espiritual, pois ela contém elementos físicos de uma cidade fisicamente real.
·         Alguns detalhes chamam bastante atenção como, por exemplo: luz semelhante a uma grande pedra de jaspe[8]; muro alto com doze portas; praça e materiais como vidro, ouro, safira[9], calcedônia[10], esmeralda[11], sardônica[12], sárdio[13], crisólito[14], berilo[15], topázio[16], crisópraso[17], jacinto[18], ametista[19] e pérola[20].
·         O seu templo será o próprio Deus e o seu Cordeiro, portanto, não haverá mais placas de igrejas e nem confusões ministeriais.
·         Sua luz não depende do sol e nem da lua, pois ela é iluminada pelo resplendor da glória do próprio Senhor Jesus.
·         Suas portas permanecerão abertas, pois lá não haverá noite e nenhum ladrão conseguirá entrar naquele santo lugar: será um ambiente com a mais perfeita e completa paz tanto espiritual quanto física.
·         Num lugar tão perfeito somente poderão habitar pessoas perfeitas, e a busca por essa perfeição começa é aqui na terra: aqueles que querem viver com o Senhor eternamente devem zelar para que seu nome seja digno de estar e permanecer inscrito no livro da vida do Cordeiro [Ap 21:27 – E não entrará nela coisa alguma que contamine, e cometa abominação e mentira; mas só os que estão inscritos no livro da vida do Cordeiro.]?
Viver num lugar que, além de uma
maravilhosa beleza, também impera
a justiça é um sonho que muitos
acreditam ser impossível de se
realizar; porém, nós sabemos que
ele é real e é pela concretização
desse objetivo que lutamos
diariamente como servos de Deus
III – O perfeito estado eterno
1. Um governo perfeito
·         Imagine um lugar sem políticos corruptos e injustiças sociais: assim será na Formosa Jerusalém, pois ela será governada por Deus através de seu Filho Jesus.
·         Ele é o único Governante que tudo sabe, tudo vê, tudo pode fazer e que jamais agirá corruptamente.
·         Jesus é um Rei que governa em favor do povo e não em benefício de si próprio; pois, pelo fato de Ele de nada precisar por ser o Dono de tudo, seu maior prazer é ver a alegria daqueles que, de tanto o amarem, foram viver com Ele.
·         A Formosa Jerusalém terá um perfeito governo de justiça, e o mesmo caráter do Rei é o que deverá estar refletido também em seus moradores [1ª Jo 3:7 – Filhinhos, ninguém vos engane. Quem pratica justiça é justo, assim como ele é justo.].
Para entrar no céu é necessário
quebrar várias barreiras do
pecado; mas, por nós mesmos, não
temos forças e nem condições de
quebrá-las, por isso devemos
depositar nossa confiança no
Senhor: todas as coisas que estão
fora de nosso alcance estão sob o
domínio dEle
2. Habitantes perfeitos
·         Lá não haverá preconceitos ou sentimentos de inferioridade, pois todos serão iguais.
·         Conviveremos com grandes personagens bíblicos e outros não tão famosos, mas que muito contribuíram para a expansão do Reino de Deus enquanto estavam na terra e que por isso receberão grande galardão[21].
·         Povos de todas as nações viverão ali pacificamente, e teremos toda uma eternidade pela frente para conhecer a cada um deles.
·         A perfeição consiste em evitar o pecado; e sabemos que isso é possível, por mais falhas que tenhamos [1ª Jo 3:8,9 – Quem comete o pecado é do diabo; porque o diabo peca desde o princípio. Para isto o Filho de Deus se manifestou: para desfazer as obras do diabo. 9Qualquer que é nascido de Deus não comete pecado; porque a sua semente permanece nele; e não pode pecar, porque é nascido de Deus.].
Todo o conhecimento que temos
hoje é baseado apenas no que a
Bíblia nos revela; mas, no céu, o
que é parcial será total, pois o
Espírito Santo que agora muitas
coisas nos mostra, nos fará saber
tudo o que ainda não conhecemos

3. Conhecimento perfeito

·         Além de um corpo incorruptível, teremos também extrema sabedoria e conhecimento sobre tudo aquilo que hoje para nós é mistério.
·         Sabe aquelas perguntas bíblicas impossíveis de se responder que os alunos sempre fazem para apertar os professores de Escola Dominical? Todas elas serão respondidas pelo Mestre dos mestres e nós não teremos mais que arrancar nossos cabelos preocupados em achar respostas para tantas questões.
·         Aqui, conhecemos ao Senhor parcialmente, mas lá o veremos face a face e saberemos coisas que a nossa mente é incapaz de imaginar.
·         Enquanto ainda estamos aqui, nem sequer sabemos como seremos; mas, o que a Bíblia nos revela é que quando estivermos na Cidade Santo, seremos semelhantes ao Pai, então, certamente temos motivos para crer que seremos dotados de um conhecimento incomparavelmente superior ao nosso [1ª Jo 3:2 – Amados, agora somos filhos de Deus, e ainda não é manifestado o que havemos de ser. Mas sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele; porque assim como é o veremos.]?
A desunião, as fofocas, a
discriminação, o desprezo e a
inveja não não existirão na
Cidade Celestial, pois lá reinará
o Rei do amor, e aonde existe
amor, existe também a mais
perfeita comunhão

4. Comunhão perfeita

·         No Paraíso Celestial não haverá nenhum tipo de conflito; pessoas provenientes de povos de nações que aqui se odeiam, lá viverão na mais perfeita harmonia. Mas é claro que para isso é preciso se converterem aqui primeiro, pedindo a misericórdia de Deus para tirar o ódio de seu coração.
·         Será realmente possível reconhecermos nossos irmãos e parentes que forem salvos, pois Lucas 16:23 nos dá exemplo disso; e o nosso pai é tão misericordioso que, para garantir nossa completa alegria, não permitirá que nos lembremos de coisas passadas, conforme está escrito em Isaías 65:17, ou seja: dos entes queridos que não foram salvos.
·         Ainda em relação à memória, é um tremendo absurdo dizer que quando glorificamos e louvamos a Deus na terra estamos ensaiando para adorá-lo no céu; pois lá, além de não haver lembranças das coisas da terra, tudo é perfeito e não precisará de ensaio coisa nenhuma!
·         Ter as lágrimas enxugadas significa não ter motivos para chorar; é impossível haver tristeza num lugar tão maravilhoso como esse.
·         Nossa comunhão com Deus começa entre nós mesmos. [1ª Jo 4:20 – Se alguém diz: Eu amo a Deus, e odeia a seu irmão, é mentiroso. Pois quem não ama a seu irmão, ao qual viu, como pode amar a Deus, a quem não viu?].
A segredo para se sentir o
amor de Deus é amar ao
próximo; você quer ser
abençoado? Então abençoe
aqueles por quem você puder
fazer algo!

5. Amor perfeito

·         Todas as boas virtudes de um ser humano se resumem no amor, portanto, quem não ama não tem boas virtudes.
·         Todos os dons e boas obras cessarão quando estivermos no céu; porém, o amor permanecerá eternamente.
·         Sem amor é impossível fazer a vontade de Deus, pois sua Obra, por muitas vezes, nos exige grandes provas de amor para com o próximo; ser crente dentro da igreja é fácil, pois a maior prova de amor está fora e não dentro dela: você já levou ajuda e já pregou para um mendigo, um drogado, uma prostituta, um homossexual, um ateu ou um bandido? É por aí que podemos medir o nível de nosso amor.
·         Se queremos realmente viver com Deus, devemos, antes de dizer que o amamos, amar ao nosso próximo [1ª Jo 4:21- E dele temos este mandamento: que quem ama a Deus, ame também a seu irmão.]?
Nossa caminhada para o Reino
Celestial depende de muito esforço,
coragem e determinação. É óbvio
que de nós mesmos não temos
capacidade para chegarmos lá
sozinhos, mas se realmente
estivermos dispostos a cumprir
esse objetivo, o Grande Anfitrião
que está a nossa espera nos auxilia,
orientando-nos sobre os obstáculos
existentes no caminho, enviando-nos
ajuda para vencê-los

Conclusão

·         Os ímpios não entendem os sacrifícios, as privações, os martírios[22]e a persistência dos crentes; mal sabem eles que o que fazemos, além de ser por amor daquEle que nos resgatou do caminho do inferno, é também por uma grande recompensa.
·         O pecado nos distanciou de Deus, mas a santificação de nossa vida é o que nos levará a viver com Ele por toda a eternidade.
·         Corrupção, IPTU, trabalhos árduos, desemprego, trânsito, violência, imoralidade, desrespeito, medo e tudo mais que não presta serão palavras banidas do vocabulário, porque não existirão lá e nem mesmo lembranças teremos delas.
·         Guardar os mandamentos, ou seja: obedecer a Palavra de Deus, é o único meio para entrarmos no céu; porém, assim como o caminho, a porta é estreita e somente conseguirá passar por ela aqueles que não estiverem gordos por terem ingerido as maléficas calorias do pecado [Ap 22:14,21 – Bem-aventurados aqueles que guardam os seus mandamentos, para que tenham direito à árvore da vida[23], e possam entrar na cidade pelas portas. 21A graça de nosso Senhor Jesus Cristo seja com todos vós. Amém.].

Jonas M. Olímpio


O galardão que nos está reservado
é algo muito maior do que podemos
imaginar. Tão grande é o amor de
Deus que, além da salvação, quer
premiar seus fiéis trabalhadores
com recompensas ainda mais nobres.
Como filhos, será que não temos
decepcionado nosso Pai? Precisamos
aprender a amá-lo cada vez mai!

[1]Cana: Planta de caule comprido, como a taquara (Is 42:3). Medida de comprimento igual a praticamente 3 metros (3,11 m). É igual a 6 côvados de Ezequiel (Ez 40:5).

[2]Estádio: Medida de distância que, pelo sistema israelita, provavelmente era igual a 178 m, isto é, 400 côvados. Pelo sistema romano, o estádio media 185 m; pelo sistema grego, 189 m (Lc 24:13).
[3]Côvado: Medida padrão de comprimento igual a um pouco menos de 45 centímetros (44,44 cm) (Gn 6:15). É igual a 2 palmos. É a distância entre o cotovelo e a ponta do dedo médio. Em Ezequiel o côvado mede 51,8 cm (Ez 43:13).
[4]Fundir: Derreter no fogo.
[5]Longânimo: Quem tem grandeza de ânimo. Benigno, complacente,indulgente, corajoso, generoso, paciente, resignado.
[6]Imaculado: Sem mácula ou mancha. Limpo e puro. Inocente.
[7]Ataviado: Ataviado: Enfeitado, adornado, adereçado, ornado.
[8]Jaspe: Pedra semipreciosa de várias cores, geralmente marrom ou vermelha, mas também amarela, verde ou branca (Êx 28:20; Ap 21:11).
[9]Safira: Pedra preciosa, geralmente de cor azul (Ap 21:19). Mulher de Ananias (At 5:1-11).
[10]Calcedônia: Pedra preciosa de cor verde (Ap 21:19).
[11]Esmeralda: Pedra preciosa de cor verde, muito apreciada desde os tempos antigos (Ap 21:19).
[12]Sardônica: Pedra semipreciosa alaranjada ou vermelha (Ap 4:3); em algumas versões bíblicas é chamada de sardônio (Ap 21:20).
[13]Sárdio: Pedra preciosa da qual existem dois tipos, o primeiro é chamado de cornalina (por causa da cor-de-carne) e o segundo, sárdio (Ap 21:20).
[14]Crisólito: Nome de várias pedras semipreciosas amareladas (Ap 21:20).
[15]Berilo: Pedra semipreciosa, verde ou verde-azulada (Ap 21:20).
[16]Topázio: Pedra semipreciosa, geralmente de cor amarela (Êx 28:17; Ap 21:20).
[17]Crisópraso: Pedra semipreciosa verde-clara com veios amarelos (Ap 21:20).
[18]Jacinto: Pedra semipreciosa, geralmente alaranjada (Êx 28:19; Ap 9:17).
[19]Ametista: Pedra semipreciosa, quase sempre roxa, mas às vezes vermelha arroxeada (Ap 21:20).
[20]Pérola: Bolinha branca, dura e brilhante, formada entre duas conchas retiradas do mar. É usada como enfeite (Mt 13:45).
[21]Galardão: Recompensa de serviços importantes. Glória, honra, prêmio. Privilégios, ainda não revelados, que serão dados por Deus aos salvos que trabalharam em sua Obra com mais dedicação (Mc 9:41; 1ª Co 3:8-14; Ap 22:12).
[22]Martírio: Morte ou tormentos sofridos pela fé.
[23]Árvore da Vida: Simboliza a vida eterna que Deus tem colocado à disposição da humanidade. Vemos esta árvore no início da Bíblia e no final. A árvore da vida (Ap 2:7; 22:2,14,19).

Estudo Bíblico Baseado na Escola Bíblica Dominical da CPAD | 2º Trimestre de 2012 – Lição 13 | AD Belém – Setor 20 (Arujá/SP) – Congr. Pq. Rodrigo Barreto I | Jonas M. Olímpio

6 thoughts on “A Formosa Jerusalém

  1. querido amigo Jonas Olímpio, a nossa aulça de hoje foi sobre a formosa Jerusalem, e foi uma aula maravilhosa onde todos participaram, comentando, e inventando de como poderia ser a moradia em a formosa Jerusalem. Os seus alunos vão adorar, por que é realmente uma aula extraordinária.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s