Os ímpios perecem; os justos prevalecem

(Salmos 91:7-10) “Mil cairão ao teu lado, e dez mil à tua direita, mas tu não serás atingido. Somente com os teus olhos olharás, e verás a recompensa dos ímpios. Porque tu, ó Senhor, és o meu refúgio! O Altíssimo é a tua habitação. Nenhum mal te sucederá, nem praga alguma chegará a tua tenda.”

Quer perecer? Ande sem Deus e faça
a tua vontade. Quer prevalecer? Ande
com Deus e faça a sua vontade!

História

    Jerusalém. Data calculada entre 1440 e 586ac. Esse desconhecido autor, provavelmente um sacerdote, expressa com simples e objetivas palavras a alegria e a gratidão por ter a sua fé correspondida através da segurança e dos livramentos lhe concedidos pelo Altíssimo, todo-poderoso Jeová, o Senhor dos exércitos, que luta pelos seus verdadeiros fiéis e que nunca perde uma batalha. Enquanto os ímpios se perdem pelo mau caminho e, sem conseguir achar a saída, se entregam ao desespero e acabam perecendo, os justos são guiados por um caminho seguro e sem medo de se perder, pois mesmo quando dão um passo em falso nem precisam se desesperar, porque o Bom Pastor os socorre e os faz prevalecer na caminhada. Em outras palavras, o que o salmista quis mostrar é que o segredo da paz e da tranqüilidade, mesmo em meio aos problemas, está em confiar em Deus!

Direção, provisão e proteção são
promessas verdadeiramente
bíblicas; mas existe um pequeno
detalhezinho: essas promessas são
apenas para aqueles que buscam e
praticam a justiça


Mensagem

    Temos que confiar na justiça de Deus, porque Ele é fiel aos seus servos. Pois os ímpios, mesmo quando têm uma boa vida, sempre acabam perecendo. Enquanto os justos, mesmo tendo uma vida de provações, sempre são güardados, protegidos e abençoados por Deus.
    “Mil cairão ao teu lado, e dez mil, à tua direita, mas tu não serás atingido.” Quantas pessoas próximas a você têm caído, enquanto você tem continuado de pé (1º Sm 2:9; 2ª Pe 2:5-9)? Quando a nossa alma é livrada da perdição, é porque Deus tem um propósito em nossa vida (Êx 3:8; Jó 5:20-27; Rm 8:28-30; Ef 1:11-14); Aos que servem a Deus, não é permitido ao inimigo atingi-los de forma que possa derruba-los definitivamente, sem que tenham chance de defesa (Jó 1:12; Jó 2:6; 1ª Co 10:12,13); Deus güarda os seus fiéis (Dt 7:9; Sl 101:6; Mt 25:21,23; 1ª Tm 4:10; Ap 2:10).
    “Somente com os teus olhos olharás, e verás a recompensa dos ímpios.” Quando somos afrontados, não devemos ser vingativos reagindo da mesma forma (Pr 26:4), devemos saber perdoar (Mt 5:38-45; Cl 3:13). Pois a justiça pertence somente a Deus (Dt 32:35; Hb 10:30; Rm 12:17-21)! Entregue os teus problemas nas mãos do Senhor, confie nEle e espere pela sua providência (Sl 37:8-11).
    “Porque tu, ó Senhor, és o meu refúgio! O Altíssimo é a tua habitação.” Qual tem sido o teu refúgio (Sl 121:1)? Aonde habita o teu coração(Mt 6:19-21)? A providência de Deus é para quem o busca (Jr 33:3), o ama (Sl 45:7), o glorifica (Jo 15:7,8), o obedece (Dt 6:2,3), faz a sua obra (1ª Co 15:58), e vive conforme a sua vontade (1ª Jo 2:16,17).
    ” Nenhum mal te sucederá, nem praga alguma chegará a tua tenda.” Você tem medo de algo (2ª Tm 1:7)? Quem confia no Senhor, nada deve temer (Sl 125:1,2; Hb 13;6). O crente e a sua casa são protegidos por Deus (Sl 37:25; Lc 19:8,9; At 16:31-33). O ímpio, por não confiar e não obedecer, nada alcança (Pr 12:2; Hb 11:6; Tg 4:2,3).

A ovelha não conhece seu caminho,
não tem instinto de predador e nem
sabe se defender contra os mais
fortes; porém, o pastor as guia,
alimenta e protege. Você tem sido
obediente à voz do Bom Pastor?

Conclusão

    O mundo está cada vez mais assolado pelas astutas ciladas do inimigo, mas nós estamos de pé, em vez de reclamar dessa caótica situação, devemos aproveitar a oportunidade que Deus nos dá e agradecer a Ele por ter nos escolhido e nos sustentado (1º Sm 7:12; Is 55:6; 1ª Co 10:12; 1ª Jo 4:19). Cada dia que sobrevivemos é um livramento dado pelo Senhor (Sl 3:5): a proteção (1º Sm 26:9; 1º Cr 16:22; Sl 105:15), o alimento (Sl 104:14,15), e tudo mais o que precisarmos (Mt 6:31-34). Da mesma forma Ele retribuirá ao ímpio segundo as suas obras, se não se arrepender (2ª Tm 2:25,26). Quer ter paz em tua vida? Se refugie no Senhor (Sl 23:4; Is 57:19-21)!
    
Jonas M. Olímpio

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s