Pastor publica livro afirmando que masturbação pode ser sinal de homossexualismo

Pr. Mark Driscoll, um polêmico
escritor evangélico norte-americano
 

    O Pastor Mark Driscoll da Igreja Mars Hill, de Seattle, nos Estados Unidos, lançou recentemente o livro Porn-Again Christian (Cristãos e Pornografia: Novamente), que trata sobre a polêmica e delicada questão da sexualidade entre os cristãos. Seu ponto alto é a sua afirmação que quando um homem se masturba olhando para o espelho está se excitando com o seu próprio corpo e isso pode ser considerado como uma tendência ao homossexualismo. Explica ele que se não há uma mulher ali presente e o masturbador está olhando para si mesmo, ele está sentindo prazer com o seu próprio corpo, ou seja: está sentindo prazer olhando para um corpo masculino, assim, o Pastor Driscoll define essa ação como um ato homossexual.

Porn-Again Christian
(Cristãos e Pornografia:
Novamente)

    E as polêmicas não param por ai: ele diz ainda em seu livro que a masturbação deixa de ser pecado
quando um homem casado se masturba na frente de sua esposa, mesmo que ela não participe do ato; ou então se sua mulher estiver viajando e ele fizer isso olhando para uma foto dela, e não de uma outra pessoa, também não é errado. Dessa mesma maneira, o Pastor expõe ainda em seu livro várias afirmações referentes a esse melindroso assunto utilizando-se de argumentos teológicos e práticos, ou, em outras palavras, baseado na Bíblia e também em experiências.

O Ministério da Saúde Espiritual
adverte: em caso de dúvida, não
utilize esse produto!

    Agora, biblicamente falando, o que a Palavra de Deus diz sobre isso? Não há nas Sagradas Escrituras nenhuma referência direta sobre o tema, mas apenas uma vaga menção de Jesus que pode ser usada como argumento contra a masturbação, quando Ele disse que se um homem olhar para uma mulher para a cobiçar, já em seu coração cometeu adultério com ela. Como cristãos, aprendemos que masturbação é pecado não importando as causas e nem as circunstâncias que levem a pessoa, seja homem ou mulher, a sentir desejo ou necessidade de se masturbar, e que se deve repreender fervorosamente as vontades carnais fora do ato sexual entre marido e mulher; e, quanto ao homossexualismo, não há palavra e nem meia palavra que o defenda, pois isso é abominação contra a santidade de Deus e não há argumento que mude isso. Em relação ao livro, mesmo não considerando como uma doutrina ou como uma redescoberta da verdade, vale a pena dar uma conferida no trabalho do Pastor Driscoll, pois independentemente de estar certo ou errado, ele demonstra bastante coerência e sinceridade em suas afirmações.

………………………………….
Fonte: Diversas Agências de Notícias Cristãs
Texto: Jonas M. Olímpio

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s