Como obter consolo em momentos de angústia?

Sempre há uma saída para
aqueles que amam e confiam em 

Deus.

    Vivemos num mundo tão cheio de adversidades que, muitas vezes, o ser humano se vê à beira do desespero e não consegue enxergar uma saída para os seus problemas. Muitos se entregam ao álcool, às drogas e às várias outras armadilhas de Satanás, procurando assim uma fuga, mas acabam se afundando cada vez mais no abismo do pecado e, alguns, infelizmente, são tão dominados pela depressão que acabam chegando ao suicídio. Segundo os dicionários da língua portuguesa, existem dois tipos de depressão: a depressão mental e a depressão nervosa. A depressão mental é uma perturbação que atinge e mente e é caracterizada pela ansiedade e pela melancolia[1]; e a depressão nervosa é um estado patológico[2] de sofrimento psíquico[3] assinalada pelo abatimento do sentimento de valor pessoal, por pessimismo e por uma inapetência[4] face à vida. É preciso saber lidar com os problemas cotidianos e conseguir entender que há coisas que, pela própria vontade de Deus, não podem ser resolvidas da maneira que queremos. Mas
então, o que fazer nos momentos de desespero? A resposta é simples: Temos que buscar a consolação[5] unicamente em Deus!

Aquele que confia em Deus
tem suas lágrimas
transformadas em
sorriso

    Em 2ª Coríntios 1:3-11 está escrito o seguinte: 3Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai de misericórdias e Deus de toda consolação! 4É ele que nos conforta em toda a nossa tribulação, para podermos consolar os que estiverem em qualquer angústia, com a consolação com que nós mesmos somos contemplados por Deus. 5Porque, assim como os sofrimentos de Cristo se manifestam em grande medida a nosso favor, assim também a nossa consolação transborda por meio de Cristo. 6Mas, se somos atribulados, é para o vosso conforto e salvação; se somos confortados, é também para o vosso conforto, o qual se torna eficaz, suportando vós com paciência os mesmos sofrimentos que nós também padecemos. 7A nossa esperança a respeito de vós está firme, sabendo que, como sois participantes dos sofrimentos, assim o sereis da consolação. 8Porque não queremos, irmãos, que ignoreis a natureza da tribulação que nos sobreveio na Ásia, porquanto foi acima das nossas forças, a ponto de desesperarmos até da própria vida. 9Contudo, já em nós mesmos, tivemos a sentença de morte, para que não confiemos em nós, e sim no Deus que ressuscita os mortos; 10o qual nos livrou e livrará de tão grande morte; em quem temos esperado que ainda continuará a livrar-nos, 11ajudando-nos também vós, com as vossas orações a nosso favor, para que, por muitos, sejam dadas graças a nosso respeito, pelo benefício que nos foi concedido por meio de muitos. Vemos aqui que o apóstolo Paulo passava por grandes tribulações simplesmente por pregar o Evangelho, mas nem por isso ele desistia ou desanimava; ele simplesmente buscava a consolação de Deus em vez de se entregar à tristeza. Talvez as nossas dificuldades sejam um pouco diferentes da situação que Paulo enfrentava naquele momento, mas ela nos serve de exemplo, como lição de vida para os nossos dias atuais; então façamos uma breve meditação dessa passagem para entendermos como age a consolação de Deus em nossa vida: 

Aquele que recebe consolo de
Deus também deve ter em seu
coração amor o suficiente para
se compadecer e consolar o
próximo

2ª Co 1:3É indispensável estarmos sempre firmes na presença do Todo-Poderoso, porque sendo tão misericordioso, Ele não permite que sejamos destruídos pelo inimigo (Lm 3:21-23).

2ª Co 1:4Ele quer que estejamos sempre prontos para consolarmos uns aos outros (1ª Jo 4:13-15[6]).
2ª Co 1:5Precisamos ter plena consciência de que por mais problemas que tenhamos, nós vivemos por Cristo e para Cristo, e o que obtemos é através da fé (2ª Co 4:8-13[7] [8]).
2ª Co 1:6Devemos entender que Deus tem um propósito em tudo, até no nosso sofrimento (Fp 1:20,21[9]).
2ª Co 1:7Para tudo há uma recompensa, nada é em vão (Rm 8:36,37[10]).
2ª Co 1:8Nenhum crente é super-herói, todos estamos sujeitos às fraquezas espirituais (1ª Co 10:12,13).
2ª Co 1:9Deus permite nosso sofrimento para não nos esquecermos que dependemos dEle (Gl 2:18-21).
2ª Co 1:10Quando confiamos nEle, Ele está sempre pronto para nos socorrer (Sl 16:1-3).
2ª Co 1:11Um de nossos maiores consolos é o apoio, tanto espiritual quanto material, de nossos irmãos (2ª Co 7:5-10[11] [12] [13]).
Quando estiver triste peça a Deus,
que Ele certamente enviará alguém
para preencher o vazio do seu
coração transformando a
tristeza em alegria

    Portanto, podemos concluir o seguinte: Somos consolados pela misericórdia de Deus em nossa vida; sem Ele não haveria conforto em nossas dificuldades; se Cristo sofreu por nós, devemos nos sentir honrados pelo privilégio de podermos sofrer por Ele; Deus tem um propósito em tudo e conhece os nossos limites; o que passamos serve para provar a nossa fé e nos ensinar a viver; o segredo da vitória é confiar no seu poder e na sua misericórdia; e a maior prova de que somos consolados por Deus é quando conseguimos também consolar aos nossos irmãos. E devemos resumir tudo isso da seguinte forma: para alcançarmos a consolação, por piores que sejam as aflições, precisamos orar, conhecer a Palavra e saber amar da mesma maneira que queremos ser amados!




[1]Melancolia: Psicose maníaco-depressiva. Estado de humor caracterizado por uma tristeza vaga e persistente.
[2]Patologia: Ciência que estuda a origem, os sintomas e a natureza das doenças. História particular de cada doença. Define os termos, fixa-lhes as significações, determina as leis dos fenômenos mórbidos, investiga e classifica as causas, os processos, os sintomas, etc.
[3]Psíquico: Relativo à psique. Que pertence ou concerne à alma ou às faculdades morais e intelectuais. Que se refere à mente; mental.
[4]Inapetência: Falta de apetite.
[5]Consolação: Ação ou efeito de consolar.  Alívio, conforto, lenitivo.  Pessoa ou coisa que consola.  Motivo de satisfação e de alegria.
[6]Testificar: Dar testemunho, testemunhar, atestar, comprovar, afirmar, assegurar.
[7]Perplexo: Admirado; cheio de incerteza.
[8]Mortificação: Morte.
[9]Expectação: Expectativa.
[10]Reputados: Considerados, achados.
[11]Macedônia: Província (conjunto de cidades; estado) romana situada ao norte da Grécia, várias vezes visitada por Paulo (At 16:9-17:15; 20:1-6).
[12]Tito: Cristão grego, companheiro e amigo de Paulo, seu pai na fé. Foi pastor em Creta, uma ilha do mar Mediterrâneo (Gl 2:1-3; Tt 1:4-5). Seu nome é mencionado várias vezes (2ª Co 2:13; 7:6-16; 8:6,16,23; 12:18).
[13]Contristar: Entristecer.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s